Pesquisa

Lider em Impermeabilizantes

JOINTFLEX

JOINTFLEX

Selador Asfáltico

Apresentações:
JOINTFLEX / 20 kg
JOINTFLEX / 40 kg

FICHA DE PRODUTOBAIXAR
DADOS DE SEGURANÇA BAIXAR
BOLETIM TÉCNICO BAIXAR

QUALIDADES DE PRODUTO

Jointflex é um selador asfáltico formulado a partir de asfaltos modificados com polímeros cuidadosamente seleccionados como SBS (Estireno- Butadieno-Estireno) e aditivos especiais, que garantem forte aderencia, grande elasticidade e excelente recuperação elástica. Trata-se de produtos sólidos a temperatura ambiente, que se destacam por sua grande durabilidade e resistência aos hidrocarburos, e por sua insuperável aderencia em superfícies de pavimentos; brindam adequada fluencia a temperaturas elevadas e excelente flexibilidade e menor fragilidade em condições de baixas temperaturas.

VARIEDADES
Jointflex Selador Asfáltico apresenta-se em sacos de 20 kg e 40 kg, em suas cinco variedades, cumprindo as especificações da Norma IRAM 6838:

JOINTFLEX SA-20
Especialmente desenhado para a selagem de juntas largas (juntas de ponte) em climas cálidos.

JOINTFLEX SA-30
Especialmente desenhado para a selagem de juntas largas (juntas de ponte) em climas temperados.

JOINTFLEX SA-40
Especialmente desenhado para a selagem de juntas, fendas e fissuras em pavimentos rígidos e flexíveis em climas temperados.

JOINTFLEX SA-50
Especialmente desenhado para a selagem de juntas, fendas e fissuras em pavimentos rígidos e flexíveis em climas cálidos.

JOINTFLEX SA-60
Especialmente desenhado para a selagem de juntas, fendas e fissuras em pavimentos rígidos e flexíveis em climas frios ou com grande amplitude térmica.  Tratamento antireflexivo de fissuras e/ou fendas baixo pavimentação em climas diversos.

QUALIDADES DO PRODUTO
Jointflex possui três características fundamentais que o distinguem de produtos similares: aderencia, flexibilidade e memória.

ADERENCIA
Uma vez aplicado, este produto exibe uma excepcional aderencia, que o faz sumamente resistente à acção de golpes e demais agressões produzidas pelo trânsito de camiões e veículos em geral.

FLEXIBILIDADE
A presença de um selador asfáltico dá-se entre blocos de uma relativa rigidez. Tais blocos, por estar submetidos a movimentos provocados pelo passo de veículos e pelas mudanças de temperatura, exigem um alto índice de flexibilidade do selador, que permita acompanhar estes movimentos. Jointflex fá-lo possível, graças a seus polímeros especialmente seleccionados.

MEMÓRIA
O uso de selador asfáltico implica uma “saliente” na superfície tratada. Tal saliente, com o transcurso do tempo e produto do passo dos veículos, tende à deformação, pelo qual é indispensável que os polímeros modificadores confiram-lhe à massa asfáltica essa qualidade de “memorizar” sua estrutura e impedir a deformação.

IMPORTÂNCIA DA SELAGEM DE JUNTAS
A selagem de juntas resulta indispensável para manter em bom estado qualquer pavimento. A base que se encontra por embaixo do pavimento deve manter seu estado de compactação, já que –caso contrário– o água poderia escorrer dentre a/s fissura/s, provocando uma deterioração gradual da superfície.

APLICAÇÃO DO PRODUTO
Estando o asfalto em sua temperatura de serviço, a selagem será realizada com uma lança aplicadora, manipulada por um operário competente. Tal lança é formada por um cano que em seu extremo possui um pequeno disco de diâmetro aproximado ao largo da selagem. Ao apoiar o plano do disco sobre a superfície, centímetros dantes de que comece a fissura, deslocá-lo-á acompanhando a trajectória da mesma. O asfalto, ao fluir através da lança, será esmagado pelo disco, conformando um filme homogêneo em largo e espessura. Esta é uma tarefa na qual o operário irá adquirindo a suficiente experiência que lhe possibilite uma correta selagem em menor tempo.

PROCESSO DE FUNDIDO
Devido à presença de polímeros (extremamente sensíveis às altas temperaturas), recomenda-se realizar o aquecimento em forma indireta e suave, não superando os 195ºC.

A TER EM CONTA
• Deverão evitar-se os dias chuvosos ou imediatamente posteriores, já que as superfícies deverão estar perfeitamente secas.

• Para o caso do tomado de juntas de dilatação em pavimentos de betão, e prévio a aplicação de Jointflex, deverá verificar-se o estado das juntas, as quais deverão estar firmes, livres de pó, pinturas (azeites ou barnices) ou qualquer outro elemento que conspire contra o desempenho do produto, se efectuando uma limpeza com ar a pressão a temperatura ambiente, evitando a presença de material solto e humidade.

• Em caso de tratar-se da selagem de fendas e/ou fissuras em pastas asfálticas, deverão tomar-se as mesmas precauções, tendo especial cuidado em eliminar toda a presença de humidade e restos de material.

• De tratar-se juntas largas (juntas de ponte) ou juntas de betão maiores a 10 mm, pode aplicar-se previamente ao selador Jointflex, a imprimação asfáltica base solvente Macá P.

• Depois da selagem de juntas, fissuras ou fendas, e se deseja-se uma rápida abertura ao trânsito, é conveniente cobrir o selador com areia fina, cal ou filler mineral para evitar que o selador se adira aos pneus.

• A aplicação de Jointflex deverá fazer-se não só na junta própriamente dita, sina também nas áreas contíguas à mesma, conseguindo-se uma melhor aderencia e, em consequência, uma melhor prestação do produto.

USOS E CONSUMO
Os trabalhos de selagem de fissuras em rotas, avenidas ou ruas implicam o fechamento dessas vias de circulação, com o consiguiente prejuízo e moléstias dos utentes. Por isso, o desejável é habilitar essas vias no menor tempo possível.

Em dias de excessivo calor, e com o asfalto exposto, é inevitável que o processo de resfriamento se prolongue. Para evitar que o asfalto se adira aos pneus dos veículos, deve-se recorrer a um procedimento singelo: polvilhar sobre a superfície do sellador cal hidratada comum, a qual actua como um eficaz antiaderente.

O consumo média de Jointflex estima-se entre 120 g e 140 g por metro linear de fissura. Uma quantidade menor implicaria uma faixa de selagem estreita e delgada. Superar os 140 g por metro linear, não só significaria um desperdicio de material sina que ademais suporia um desconforto para os veículos, já que a protuberância transmitir-se-ia ao andar dos mesmos.

CONSUMO
Para Juntas de 2 cm x 1 cm: 230 g por metro linear de junta.
Para Remendos Ponte de 5 cm x 3 mm: 170 g por metro linear de junta.

LIMPEZA DE FERRAMENTAS
Lavar os utensílios com aguarrás mineral, enquanto o produto esteja fresco. Em caso de estar endurecido, a limpeza deverá realizar-se por meios mecânicos.


EMABALAGENS

Embalagens de 20 kg e 40 kg





ASSISTENTE VIRTUAL Calculadora de materiais